Música de domingo (na segunda)!

terça-feira, 12 de janeiro de 2010 às 00:09



Como meu trampo tah levando 90% do meu tempo e eu não tenho a mínima intenção de gastar os 10% restante blogando besteira, acabei não postando a música desse domingo, mas hoje vai!
A música de hoje é dedicada aqueles dias em que o tédio toma conta e você procura o que fazer inutilmente pq só o que você consegue encontrar pra fazer são coisas realmente inúteis, mas tão inúteis, que nem você acha útil fazer mesmo sem nada melhor pra fazer, sacou?


MASTURBAÇÃO MENTAL


(Por: Gabriel o Pensandor - Album: Seja Você Mesmo (Mas Não Seja Sempre O Mesmo)

Composição: Gabriel O Pensador)


Ontem eu te liguei, só pra dar um oi.
Mas você não tava, eu gostaria imensamente de saber onde cê foi.
Por que não me chamou?
Eu tô aqui à toa sem saber qual é a boa sem saber aonde eu vou
(achar algum remédio, que faça algum efeito contra a falta de respeito e dê um jeito nesse tédio).
Alguma vitamina, que force uma mudança nessa falta de assunto e dê um break na rotina.
Repetição!
Eu tô cansado de ficar aqui parado só nessa masturbação mental.
Prefiro algo mais original.

Masturbação mental!
Tá me fazendo mal, tá me fazendo mal!
Masturbação mental!
Se isso for normal eu quero ser anormal!
Masturbação mental!
Tá me fazendo mal, tá me fazendo mal!
Masturbação mental!
Se isso é diferente eu prefiro ser igual!

Hoje eu acordei meio indisposto.
E resolvi ouvir um som bem diferente pra poder mudar o gosto.
Indigesto!
E me peguei assobiando aquela música cafona que eu detesto, mas que me emociona, porque me lembra alguém que me fez bem e depois me pôs na lona.
Fazer o quê?
A gente cospe no prato que come, pra depois querer comer no prato que cuspiu.
A vida continua e eu agora tô a mil!
Agora eu sou mais eu!
Você que eu não vou ser.
Mas pra ter liberdade de verdade eu aprendi a desaprender o que só me prendia.
A mente é livre, livre mente, a gente é livre, Deus me livre dessa rebeldia que fala e não diz nada.
Ouvi dizer que a vida recomeça a cada dia e aprendi essa piada.
Depois talvez esqueça.
O mundo muda, tudo muda, todo mundo muda mas só mudo minha cabeça se for melhor pra mim (quando eu achar que é, e se eu tiver a fim).

Refrão

Amanhã não sei.
Bola de cristal nunca funcionou comigo porque eu não consigo fazer tudo sempre igual, a não ser que eu tente.
Só que eu nunca tento sempre invento um movimento cada vez mais diferente.
Não que eu só acerte, mas errar também faz parte em qualquer parte e eu não vou ficar inerte, esperando a morte.
Não reclamo do azar porque o azar às vezes vem trazendo sorte.
Saúde! - vitamina C, pode crer, pode ser que o tempo mude...
Eu já cansei de ouvir o que eu já cansei de ouvir!
Eu já cansei de ouvir o que eu já cansei de ouvir!
Eu já cansei de ouvir o que eu já cansei de ouvir!
Eu já cansei de ouvir o que eu já cansei de ouvir!
Eu vou gozar, Maria, eu vou gozar, José.
Eu vou gozar a vida do jeito que eu quiser.
E se eu fizer cagada, eu sei limpar.
Não vem cagando regra. Na regra que cê caga eu vou pisar.
Não vem ditando norma... Pensando bem, tô pensando de outra forma.
Você acha que é loucura? Eu acho que é careta.
A vida é muito curta pra ficar nessa punheta.
Ontem eu te liguei. Onde você foi?
Eu gostaria imensamente de te achar mas era só pra dar um oi.
Ouvi dizer que a vida recomeça a cada dia e aprendi a dar risada.



Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página Inicial